Kambaku

Icon podcast

African Parks reintroduz 120 rinocerontes brancos em reservas do Greater Kruger

Jun 11, 2024 |

A African Parks reitroduziu 120 rinocerontes brancos do sul nas reservas que integram a Greater Kruger Environmental Protection Foundation (GKEPF) nas províncias sul-africanas de Mpumalanga e Limpopo.

Esta translocação é a segunda a ocorrer sob a iniciativa Rhino Rewild, um plano ambicioso para reintroduzir 2.000 rinocerontes brancos do sul em áreas protegidas seguras em África ao longo da próxima década, e marca a primeira reintrodução de rinocerontes nesta paisagem em 50 anos.

A GKEPF foi estabelecida em 2016 como resposta ao aumento da caça furtiva de rinocerontes no Greater Kruger. Actualmente, a área abriga a maior população de rinocerontes selvagens do mundo, abrangendo 2,5 milhões de hectares de natureza selvagem não cercada.

A transferência destes 120 rinocerontes para serem reintegrados ocorre num momento em que as taxas de caça furtiva nas reservas da GKEPF diminuíram significativamente, indicando a eficácia das medidas de segurança e anti-caça furtiva.

De acordo com nota da African Parks, a segurança destes rinocerontes translocados está em primeiro plano para todos os envolvidos, e os riscos foram bem calculados. Os rinocerontes chegam desgalhados, monitorados individualmente e entram num sistema de protecção bem interligado.

Estes 120 rinocerontes brancos do sul vêm dos 2.000 resgatados no ano passado de um empreendimento comercial privado falido na África do Sul. A African Parks tem o objectivo de  reintroduzir todos estes animais em áreas protegidas bem administradas e seguras e contribuir para ecossistemas selvagens e funcionais ao longo da próxima década.

Fotos: African Parks

NEWSLETTER DO MUNDO NATURAL

Subscreva a nossa newsletter e receba notícias do mundo natural.