Kambaku

Icon podcast

Cientistas da Gorongosa fazem nova expedição aos Inselbergues Bunga

Abr 16, 2024 |

A equipa de ciência da Gorongosa acaba de levar a cabo mais uma breve expedição de reconhecimento aos Inselbergues Bunga situadas no interior do Parque Nacional, mais concretamente no Rio Vunduzi.

Segundo conta Piotr Naskrecki, director do Laboratório E.O. Wilson Lab, na Gorongosa, Arcenia Chivale, ictióloga residente – ramo da zoologia edicado ao estudo dos peixes – enfrentou crocodilos e hipopótamos (com um guarda armado a vigiá-la o tempo todo!) para registar algumas espécies do Rio Vunduzi, incluindo o peixe-gato-elétrico do Zambeze (Malapterurus shirensis), uma espécie endémica desta região.

O maior destaque, para já, desta expedição foi a descoberta de uma espécie de morcego que, até à data, ainda não tinha sido registada em Moçambique. Como conta Naskrecki, “uma nova grande adição à fauna de mamíferos do Parque Nacional da Gorongosa – o morcego de cauda livre Midas (Mops midas), registado no Bunga Inselberg na semana passada pela nossa equipa científica. Esta espécie de voo muito rápido, nunca antes registada em Moçambique, é o maior morcego de cauda livre da Gorongosa, com uma envergadura de quase 40 cm”.

Outro destaque da expedição foi a descoberta do peixe-gato-elétrico do Zambeze, uma espécie que é exclusiva desta região. Esta criatura intrigante é conhecida por sua capacidade de gerar uma carga eléctrica, utilizada tanto para se defender como para caçar as suas presas. O seu habitat natural, o Rio Vunduzi, é um tesouro biológico que merece ser protegido e estudado de perto.

Malapterurus shirensis é uma espécie nativa da bacia do rio Zambeze, onde ocorre em países como Moçambique, Zâmbia e Zimbabué. Esta espécie pode atingir um comprimento de 37,2 centímetros.

Além do peixe-gato-elétrico do Zambeze, a equipa de pesquisa também identificou várias outras espécies de peixes e organismos aquáticos, contribuindo assim para o entendimento da biodiversidade local e para os esforços de conservação no Parque Nacional da Gorongosa.

Esta expedição foi desenvolvida no Inselbergue Bunga, também consehecido como Monte Bunga. Os inselbergs são encontrados em diversos locais do Parque Nacional da Gorongosa. Estas formações geol´pgicas podem ter grande importância ecológica, servindo como refúgios para espécies vegetais e animais adaptadas a condições específicas de habitat.

Foto: Gorogosa

NEWSLETTER DO MUNDO NATURAL

Subscreva a nossa newsletter e receba notícias do mundo natural.