Kambaku

Icon podcast

Conservation AI quer revolucionar conservação com tratamento de imagens com IA

Set 26, 2023 |

A Conservation AI pretende revolucionar a conservação da vida selvagem ao incorporar tecnologia de ponta através de inteligência artificial (IA) para proteger espécies ameaçadas e preservar a biodiversidade do planeta.

Fundada em 2020, a organização sem fins lucrativos tem como missão proteger espécies em perigo em todo o mundo, fornecendo uma ferramenta essencial para conservacionistas que permite analisar grandes volumes de dados de forma rápida, rastrear animais e tomar medidas em tempo real para mitigar ameaças iminentes.

Segundo a Vision Systems Design, a plataforma desenvolvida pela Conservation AI é capaz de analisar imagens, identificar espécies de interesse e alertar as autoridades, através de e-mails, em questão de segundos. Além disso, é capaz de identificar, modelar e analisar tendências ambientais de forma ágil, utilizando um vasto banco de dados de imagens e dados que, em circunstâncias normais, levariam anos para serem analisados.

A abordagem tradicional é feita com a instalação de armadilhas fotográficas que geram milhares de imagens e posteriormente uma equipa de especialistas examina manualmente todas essas imagens, eliminando aquelas que estão em branco e classificando as espécies identificadas. Esse processo é demorado e trabalhoso. Além disso, muitas das espécies estudadas habitam áreas remotas sem infraestrutura de comunicação moderna.

Para superar esses desafios, a Conservation AI trabalha com mais de 200 parceiros em todo o mundo, que fornecem dados em tempo real e históricos na forma de imagens e vídeos. A organização desenvolveu um sistema de IA que é usado principalmente para identificar animais de espécies ameaçadas e gerar informações valiosas o mais próximo possível do tempo real.

A abordagem inovadora da Conservation AI envolve o treino de redes neurais convolucionais para analisar milhares de imagens e organizá-las num banco de dados que pode ser pesquisado e filtrado. Esse processo é desafiador, pois as condições das imagens podem variar porque os animais em análise estão muitas vezes escondidos em densa vegetação e sujeitos a condições de iluminação complexas.

Para garantir alta precisão, os modelos de IA são treinados repetidamente em várias iterações. O sistema é projetado para ser compatível com várias câmeras 3G ou 4G que suportam SMTP, tornando-o flexível e adaptável às necessidades de diferentes parceiros.

O sistema funciona com imagens estáticas e imagens de vídeos. No entanto, a transmissão em tempo real de vídeo pode consumir largura de banda e retardar o processo, razão pela qual a Conservation AI extrai quadros de vídeo para análise.

A Conservation AI está a contribuir para a revolução da conservação da vida selvagem, tornando-a mais eficiente, ágil e eficaz graças à inteligência artificial e ao machine learning.

Foto: Conservation AI

NEWSLETTER DO MUNDO NATURAL

Subscreva a nossa newsletter e receba notícias do mundo natural.