Kambaku

Icon podcast

Gilé recebe 200 búfalos de Marromeu em maior operação de translocação feita em Moçambique

Jul 9, 2024 |

O Parque Nacional do Gilé (PNAG) anunciou que está prestes a realizar a maior translocação de búfalos alguma vez realizada em Moçambique. Em Agosto, a gestão do parque irá transferir 200 búfalos provenientes da Reserva Especial de Marromeu numa complexa operação que levou meses a planear.

Actualmente, o parque abriga uma população estimada em 150 búfalos. Esta translocação de grande escala tem como objectivo aumentar a diversidade genética e fortalecer a população de búfalos na região, contribuindo para a conservação e biodiversidade do parque.

Esta ambiciosa operação será coordenada pelo departamento de operações do Parque Nacional do Gilé. O financiamento desta iniciativa de grande escala é fornecido pelo programa PROMOVE Biodiversidade, uma colaboração entre a União Europeia e a Biofund.

Thomas Prin, líder de projecto africano da Fundação François Sommer, PhD em ecologia e especializado em Búfalo Africano, e que desempenha um papel fundamental neste ambicioso empreendimento, conduziu no passado uma avaliação de campo na Reserva de Marromeu para abordar alguns desafios cruciais para a realização desta operação.

Tal como esclareceu na altura, uma das principais preocupações da equipa era encontrar uma rota adequada para que os camiões de transporte dos animais atravessassem. A equipa multidisciplinar responsável pela operação, liderada por Thomas Prin, inspeccionou minuciosamente locais potenciais e explorou várias opções para superar os obstáculos de forma a garantir que o processo de translocação seja o mais efectivo possível.

A translocação destes búfalos é um esforço de conservação crítico que contribuirá para a preservação e rejuvenescimento do ecossistema do Parque Nacional do Gilé.

Foto: PNG

NEWSLETTER DO MUNDO NATURAL

Subscreva a nossa newsletter e receba notícias do mundo natural.