Kambaku

Icon podcast

IIAM realiza levantamento de sementes no Parque Nacional de Mágoè

Mai 6, 2024 |

O Parque Nacional de Mágoè recebeu recentemente uma visita da equipa do IIAM – Instituto de Investigação Agrária de Moçambique – como parte de um projecto de recolha de sementes de espécies florestais nas áreas de conservação.

O parque foi escolhido para participar nestas actividades, o que representa uma oportunidade significativa para a conservação da biodiversidade e a realização de estudos científicos nesta área de conservação, localizada junto à fronteira do Zimbabwe, na Província de Tete.

Durante sete dias a equipa realizou um trabalho intensivo de colecta de sementes. No total, foram recolhidas e identificadas sementes de 25 espécies, incluindo árvores frutíferas. Esta colecta garante a preservação das espécies florestais para as gerações futuras, mas também proporciona oportunidades valiosas para pesquisas científicas.

A equipa do IIAM, juntamente com um técnico do Parque Nacional de Mágoè, trabalharam em estreita colaboração para garantir o sucesso desta missão. A colecta de sementes é apenas uma das muitas maneiras pelas quais o parque está comprometido com a preservação da vida selvagem e dos ecossistemas.

Segundo a ANAC, o Parque Nacional de Mágoè foi estabelecido em 2013. Das suas espécies, destaca-se a palanca vermelha, embora o Parque albergue também outros animais de grande porte como elefantes, hipopótamos, leões e outras espécies de felinos. A sua localização geográfica nas margens do rio Zambeze, ao longo da albufeira de Cahora-Bassa, possibilita ao visitante desfrutar das suas paisagens ribeirinhas. O Parque possui um acampamento preparado para dar guarida aos viajantes.

Foto: Parque Nacional de Mágoè

NEWSLETTER DO MUNDO NATURAL

Subscreva a nossa newsletter e receba notícias do mundo natural.