Kambaku

Icon podcast

Imagem da Gorongosa reconhecida no Wildlife Photographer of the Year

Out 17, 2023 |

Uma imagem captada na Gorongosa foi recentemente reconhecida no importante prémio Wildlife Photographer of the Year que reúne os melhores fotógrafos de natureza do mundo.

A fotografia, tirada por Piotr Naskrecki, director do Laboratório de Biodiversidade E.O. Wilson do Parque Nacional da Gorongosa, proporciona-nos uma visão única da natureza cíclica e brutal da savana africana.

De acordo com a organização deste importante galardão, por diversas vezes Piotr Naskrecki utilizou o seu drone para testemunhar o drama do final da estação seca na Gorongosa. Voando sobre a vasta planície alagada, esperava encontrar uma lagoa que fosse usada por animais para se abastecerem de água e que tivesse uma população de peixes encurralados.

No entanto, desta vez, deparou-se com um cenário inesperado: um Inhacoso enfraquecido pela fome, que morreu depois de ficar preso no lodo.

Enquanto os peixes-gato africanos aguardavam a chegada das chuvas, alguns aproveitaram a oportunidade para se alimentar da carcaça do animal. Os peixes-gato africanos são omnívoros e podem sobreviver vários dias fora da água, graças a um órgão que lhes permite respirar ar nas guelras.

Este concurso internacional de fotografia de vida selvagem, conhecido como o Wildlife Photographer of the Year, reúne amadores, profissionais e entusiastas de 95 países. Com quase 50.000 inscrições, a edição deste ano destaca uma vez mais algumas das imagens mais extraordinárias da vida selvagem, comportamentos e impactos humanos.

O júri selecionou a imagem do fotógrafo submarino e biólogo francês Laurent Ballesta como a grande vencedora da edição deste ano com uma imagem de um límulo, da espécie Tachypleus tridentatus.

O director do Museu de História Natural de Londres, Dr. Doug Gurr, comenta: “Embora inspirem admiração e espanto, as imagens vencedoras deste ano apresentam evidências convincentes do nosso impacto na natureza – tanto positivo como negativo. As promessas globais devem traduzir-se em acções para reverter o declínio da natureza.

Foto: Piotr Naskrecki

NEWSLETTER DO MUNDO NATURAL

Subscreva a nossa newsletter e receba notícias do mundo natural.