Kambaku

Icon podcast

Instituto Oceanográfico e WCS estudam tubarões e raias em águas profundas da Ponta do Ouro

Jul 9, 2024 |

O Instituto Oceanográfico de Moçambique (InOM), em colaboração com a Wildlife Conservation Society (WCS) e o Instituto Sul Africano para a Biodiversidade Aquática iniciaram uma pesquisa nas águas profundas da Reserva Marinha Parcial da Ponta do Ouro, utilizando o sistema de vídeo subaquático remoto com isco (BRUVs).

De acordo com a WCS Moçambique, a recolha de amostras faz parte de uma iniciativa global denominada Global FinPrint, que reúne investigadores e colaboradores de todo o mundo para estudar tubarões, raias e outras espécies marinhas nos recifes de coral, utilizando BRUVs.

Esta nova técnica permite a recolha de dados visuais cruciais para a compreensão dos impactos nas populações de tubarões e raias, e como essas mudanças afectam os ecossistemas marinhos ameaçados.

O InOM e a WCS têm utilizado os BRUVs na Reserva Marinha Parcial da Ponta do Ouro desde 2018, realizando até à data sete amostragens em águas costeiras a profundidades de até 40 metros. No entanto, esta é a primeira vez que se realiza uma amostragem em águas mais profundas, atingindo profundidades de até 150 metros. Esta nova etapa permitirá obter uma visão mais abrangente da biodiversidade marinha e dos ecossistemas do parque.

A Reserva Marinha Parcial da Ponta do Ouro, que é reconhecida internacionalmente como Área Importante para Tubarões e Raias (ISRA) e foi recentemente incluída pela União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN) no novo Atlas Eletrónico do Oceano Índico Ocidental, pertence à primeira e única área de Conservação Transfronteiriça Marinha de África, designada Ponta do Ouro-Kosi Bay e também da Área de Conservação Transfronteiriça dos Libombos de que fazem parte Moçambique, África do Sul e Swazilândia.

A informação recolhida será vital para desenvolver estratégias de conservação mais eficazes e assegurar a protecção a longo prazo destas espécies e dos seus habitats. A parceria entre estas instituições reforça o compromisso global com a preservação da vida marinha e a sustentabilidade dos nossos oceanos.

Fotos: WCS

Mapa: IUCN

NEWSLETTER DO MUNDO NATURAL

Subscreva a nossa newsletter e receba notícias do mundo natural.