Kambaku

Icon podcast

MWA recoloca colares transmissores em duas chitas no Delta do Zambeze

Mar 5, 2024 |

A Zambeze Delta Conservation (ZDC) e a Mozambique Wildlife Alliance (MWA) colocaram dois novos colares transmissores em duas chitas numa operação integrada no programa de reintrodução da espécie no complexo de Marromeu.

A necessidade de intervir foi detectada pela equipa do ZDC que, segundo nota da MWA, identificou dois colares defeituosos em chitas machos, essenciais para monitorizar o sucesso da sua reintrodução na área. Estes colares funcionam como activos vitais no rastreamento e compreensão do comportamento destes animais.

Para resolver o problema, a equipa veterinária da MWA foi prontamente acionada para substituir os colares defeituosos. Apesar da falha, o componente VHF dos colares permaneceu operacional, permitindo o rastreamento contínuo destes dois animais.

Ao abordar rapidamente questões técnicas e garantir a funcionalidade desses colares, os esforços colaborativos na Coutada 11 permitem a gestão eficaz da vida selvagem no terreno. Estas medidas proactivas são críticas para o sucesso dos programas de reintrodução de espécies e para a conservação a longo prazo da biodiversidade dentro e no entorno do complexo de Marromeu.

Estes dois machos fazem parte do programa de reintrodução de chitas neste ecossistema iniciado com a translocação de 12 animais para a Coutada 11 (ver o vídeo em baixo), provenientes de reservas da África do Sul e do Malawi, numa operação extremamente complexa que, à data, incluiu diversas organizações e pessoas como a Fundação da Família Cabela (fundada por Dick e Mary Cabela), Ivan Carter, Wildlife Conservation Alliance, ANAC, Endangered Wildlife Trust, African Parks e Zambeze Delta Conservation.

Foto e Vídeo: Zambeze Delta Conservation

NEWSLETTER DO MUNDO NATURAL

Subscreva a nossa newsletter e receba notícias do mundo natural.