Kambaku

Icon podcast

O histórico regresso do rinoceronte a Moçambique

As duas espécies de rinoceronte africano (branco e preto) estão no topo das mais vulneráveis em todo o continente. Caçados de forma criminosa para alimentar o mercado oriental de produtos de medicina tradicional a luta por salvar este animal é, atualmente, a linha da frente contra a caça furtiva em África.

Só no ano passado foram abatidos 451 rinocerontes na África do Sul. Destes, 209 rinocerontes foram caçados por furtivos no Parque Nacional de Kruger, um descréscimo comparado com os 247 animais caçados no ano anterior.

É neste contexto que a Peace Parks Foundation avançou para a reintrodução do rinoceronte em Moçambique.

NEWSLETTER DO MUNDO NATURAL

Subscreva a nossa newsletter e receba notícias do mundo natural.