Kambaku

Icon podcast

Presidente defende compromisso de lideranças na educação ambiental em Congresso da CPLP

 Jul 8, 2023 |

O Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, destacou a necessidade de existir um compromisso das lideranças políticas com a educação ambiental. Enfatizou que o país promove uma convivência harmoniosa entre a fauna selvagem e as comunidades.

O Presidente da República falava  do VII Congresso Internacional de Educação Ambiental da Comunidade dos Países da Língua Portuguesa (CPLP), evento que tem por objectivo promover o intercâmbio científico, oportunidades de cooperação e partilha de experiências pedagógicas entre os países-membros e que juntou em Moçambique 500 congressistas.

No evento, que decorreu nos dias 4 a 7 de julho em Maputo, Filipe Nyusi ressalvou que “as boas práticas locais, estão enraizadas no maneio e conservação dos ecossistemas da biodiversidade. A nossa visão é de que a educação ambiental não deve ser um processo unidireccional, de cima para baixo, pois existem muitos aspectos positivos que as comunidades locais podem transmitir na preservação do ambiente”.

O Congresso Internacional de Educação Ambiental da CPLP, um evento bienal, abordou temas como educação ambiental nas políticas de desenvolvimento, no sistema educativo, como resposta aos desafios climáticos e contribuição para grandes projetos de desenvolvimento.

Visita de parte dos congressistas ao Parque Nacional de Maputo. Foto: DR/PNM

A directora nacional do Ambiente no Ministério da Terra e Ambiente, Guilhermina Amurane, enfatizou a importância de identificar estratégias para a educação ambiental comunitária e destacou o novo Centro de Interpretação Ambiental como um repositório dos esforços de preservação do meio ambiente em Moçambique.

O Presidente da República lembrou também momentos recentes relacionados com a conservação no País: “Em Moçambique, temos estado a promover uma convivência positiva entre a fauna bravia e as comunidades, através de iniciativas de personalização de espécies. Pessoal e carinhosamente, atribui, nomes a animais selvagens. São exemplos, os elefantes Mr. President e Gentleman, o rinoceronte Princess Innocent e, muito recentemente, o búfalo Reconciliation.Muito recentemente, também nós demos nome a um búfalo que tem a designação de reconciliation. Foi muito fácil explicar porque estávamos a terminar o processo de DDR em Moçambique, mas não também por causa disso, porque nós estivemos à procura de um leão, conseguimos mas o felino escapou-nos, depois de muitas voltas conseguimos o búfalo que reconciliou-se connosco”.

O Congresso Internacional de Educação Ambiental da CPLP é um evento bienal que serve de plataforma de debate de questões ambientais e de fortalecimento da cooperação internacional ao nível da lusofonia.

Foto: DR

NEWSLETTER DO MUNDO NATURAL

Subscreva a nossa newsletter e receba notícias do mundo natural.