Kambaku

Icon podcast

Foto real de flamingo “sem cabeça” ganha prémio de Inteligência Artificial

Jun 25, 2024 | A imagem “F L A M I N G O N E”, capturada por Miles Astray, causou uma enorme confusão ao vencer na categoria de Inteligência Artificial dos Prémios 1839 de Fotografia Colorida. O problema é que a foto acabou por ser desclassificada porque não foi gerada por IA, mas sim tirada pelo próprio fotógrafo em Aruba, dois anos antes. O retrato de um flamingo sem cabeça parecia saído directamente da imaginação de uma inteligência artificial. Com sua forma quase perfeitamente esférica, cor rosa vibrante e pernas esguias, a imagem exibia todas as características de uma criação digital: uma estética peculiar, proporções estranhas e partes do corpo ausentes. Contudo, a verdade veio à tona após a desqualificação de Astray, que havia ganho o terceiro lugar na categoria e o prémio de voto popular. “F L A M I N G O N E” não era fruto de um prompt de texto em ferramentas de geração de imagens, mas sim um registo autêntico de um flamingo capturado pelo fotógrafo durante uma manhã ensolarada. Astray comentou ao The Washington Post que a sua intenção era provocar uma reflexão sobre a criatividade natural em contraste com a tecnologia artificial. “A natureza é tão fantástica e criativa que eu não acredito que qualquer máquina possa superar isso,” afirmou. A polémica em torno da fotografia destaca os dilemas enfrentados por criadores e espectadores num mundo onde imagens geradas por IA são cada vez mais prevalentes e às vezes indistinguíveis da realidade. Astray provocou um debate sobre o impacto ético e cultural dessas tecnologias emergentes, levantando questões sobre autenticidade e manipulação visual. Embora desqualificado pela Creative Resource Collective por não atender aos critérios da categoria de IA, Astray considera que “F L A M I N G O N E” cumpriu o seu propósito ao gerar uma discussão significativa sobre os limites e as potencialidades da arte e da tecnologia no século XXI. Foto: Miles Astray

NEWSLETTER DO MUNDO NATURAL

Subscreva a nossa newsletter e receba notícias do mundo natural.